PubhD UMinho na Noite Europeia dos Investigadores (30 SET 16)

pubhd

Uma bióloga que estuda processos de reflorestação e um comunicador interessado na eficácia dos suportes audiovisuais, vão falar sobre os seus projectos de investigação. Desta vez a cafetaria do Museu D. Diogo de Sousa será o pub de encontro.

O PubhD UMinho está de volta para mais um ciclo de sessões de divulgação de ciência. E o regresso não podia ter melhor enquadramento: a Noite Europeia dos Investigadores (NEI16) , que se assinala no dia 30 de Setembro.

Integrado no programa da NEI2016 da UMinho, o PubhD decorrerá na cafetaria do Museu D. Diogo de Sousa com início às 22h30 e contará com a participação de Francisca Rodrigues dos Reis, do Centro de Biologia Funcional de Plantas, e de Luís Pinto, do Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade, dois investigadores da Universidade do Minho.

Tal como sucedeu nas sessões anteriores, os dois convidados dispõem de 10 minutos para apresentar os seus projectos de doutoramento, seguindo-se  20 minutos de perguntas por parte do público. Tudo decorrerá em ambiente informal, de proximidade com a audiência e os únicos recursos permitidos são um quadro branco, marcadores e/ou objectos que ajudem a compreender as ideias a transmitir.

Francisca Rodrigues dos Reis tem Mestrado em Biotecnologia e Qualidade Alimentar pela UTAD. Pretende com a sua investigação criar um adubo comercial que permita aumentar a sobrevivência das árvores em programas de reflorestação. O seu objectivo implica recorrer a fungos e “cogumelos”  seleccionados que, por exemplo, ajudam os sobreiros a captar água e nutrientes, tornando-os mais resistentes às condições adversas quando forem usados para reflorestar as áreas ardidas.

Luís Pinto é licenciado em Ciências da Comunicação e está a investigar a escrita e o audiovisual como suportes para a comunicação de ciência, incluindo a produção científica das universidades. O seu objectivo passa por verificar as potencialidades e eficácia dos diferentes suportes e perceber em que situações o uso de audiovisuais ajudará os cientistas a exporem de uma forma mais eficaz os resultados do seu trabalho, em função do público alvo.

O PubhD (pub de bar e PhD de doutoramento) é um movimento de divulgação da ciência que surgiu em Nottingham (2014) e chegou a Portugal em 2015 (Lisboa). Em 2016, por iniciativa do STOL – Science Through Our Lives, do Departamento de Biologia da Universidade do Minho, o PubhD começou a realizar-se, alternadamente, nas cidades de Braga e Guimarães.

pubhd-8


22h30-24h00 – PubhD UMinho #8 – Especial NEI2016
Cafetaria do Museu D. Diogo de Sousa

 Francisca Rodrigues dos Reis – Biologia (Centro de Biologia Funcional de Plantas, UMinho) – “Sobreiros com pé de atleta

Luís Pinto – Ciências da Comunicação (Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade, UMinho) – “Luz, câmara, acção! Vamos comunicar Ciência!”


botao-stolsciencebotao-stolscience2

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s