Ponto a Ponto Enche a Ciência o Espaço

ÂMBITO E OBJECTIVO

2Ponto a Ponto Enche a Ciência o Espaço consiste na recriação de um recife de coral construído com peças em croché. Esta instalação de carácter dinâmico, passível de requisição e itinerante, resulta de uma iniciativa que envolve diversas gerações e está aberta à colaboração de todos os interessados. Adicionalmente, a sua versatilidade (inerente à particularidade das peças que a compõem), permite recriações sempre diferentes a cada nova montagem e a adaptação a qualquer espaço (escolas, universidade, congressos, museus, bibliotecas, centros de ciência, espaços de divulgação de arte…  são alguns dos locais onde já esteve – ver lista no fundo desta página).

HISTÓRIA DA IDEIA

Ponto a Ponto Enche a Ciência o EspaçoTodo este projecto começou quando Alexandra Nobre (coordenadora do grupo STOL) produziu os modelos das três superfícies hiperbólicas, bem como recriou alguns corais, para ilustrar o capítulo “Quando o croché ajuda a matemática” do livro “Casamentos e outros desencontros” do matemático e divulgador de Ciência Jorge Buescu. A partir daí, e com inspiração na ideia inicial de Margaret e Christine Wertheim, autoras do Crochet Coral Reef Project em colaboração com o Institute for Figuring, nasceu o nosso projecto Ponto a Ponto enche a Ciência o Espaço.

RELAÇÃO BIOLOGIA A MATEMÁTICA

Ponto a Ponto Enche a Ciência o EspaçoEste projecto revela a relação entre a Biologia e a Matemática e a interligação forma – função. Através dele é possível identificar algumas formas hiperbólicas que se encontram na natureza (cogumelos, corais, plantas). Permite ainda visualizar propriedades da geometria hiperbólica Ponto a Ponto Enche a Ciência o Espaçocomo sejam: o conceito de rectas paralelas, a soma dos ângulos internos de um triângulo ou os triângulos com áreas cujo valor tende para zero. 

A INSTALAÇÃO

image“Ponto a Ponto Enche a Ciência o Espaço” é uma instalação que tem como tema central”As formas hiperbólicas que se observam na Natureza”. Consiste basicamente na recriação de um recife de coral em modelos em croché, produzido numa perspectiva work in progress e aberto a qualquer pessoa interessada em participar. Na sua execução foi utilizada a técnica do croché tradicional (“ponto alto” e “ponto baixo”), feito com agulha única, recorrendo a fio de lã e/ ou algodão, de texturas e cores variadas.

CARTAZES E MODELOS

375708_508408342605632_544091553_nDe forma a ajudar a transmissão dos conteúdos de Ciências subjacentes à instalação  “Ponto a Ponto Enche a Ciência o Espaço” foram criados diversos materiais que acompanham a exposição. Nomeadamente: caixas de modelos tridimensionais representativos das três superfícies hiperbólicas (modelo hiperbólico simples, modelo hiperbólico duplo e pseudoesfera), roll ups ilustrativos e tutoriais. 

PALESTRAS E WORKSHOPS

Screen Shot 2017-06-04 at 10.40.31No âmbito deste projecto, geralmente acompanhando a digressão da instalação mas não sendo esta uma característica vinculativa, têm sido proferidas palestras ou dinamizados workshops complementares que vão ao encontro dos diferentes públicos. Ver condições aqui e aqui, respectivamente.

MAIS INFORMAÇÕES

“Ponto a Ponto Enche a Ciência o Espaço” já percorreu inúmeras escolas, museus, feiras e festivais de ciência (entre muitas outras instituições), foi apresentado em encontros científicos e alvo de publicações.

A saber:

Quer ter o projecto na sua instituição/ escola? Consulte aqui as condições de cedência


noun_125576_ccPonto a Ponto Enche a Ciência o Espaço nos media

Anúncios

Os comentários estão fechados.