Terceiro PubhD UMinho – Guimarães (31 MAR 16)

Banner - FrenteO PubhD UMinho regressa a Guimarães com três convidados dispostos a falar dos seus projectos de doutoramento. O público tem encontro marcado com um psicólogo, uma geógrafa e uma médica que em comum possuem apenas o sobrenome muito português, Silva. Os três estudantes de doutoramento vão falar do vírus da SIDA, da geografia do crime no quadrilátero urbano e do poder da atracção entre seres humanos. Apareça!

André Silva (Psicologia) – “Atracção e atenção, memória e percepção do tempo” – O que acontece ao cérebro humano quando vê alguém atraente? André Silva, psicólogo clínico, escritor e fotógrafo nos tempos livres, está à procura de uma resposta desde que iniciou o seu doutoramento em 2012. O seu grande objectivo é compreender o funcionamento (da mente humana) no jogo entre memória, atenção, percepção, cognição na perspectiva da psicologia evolutiva, sem perder a oportunidade de comparar o caso humano com outros seres vivos ao longo da vida. O André está associado ao CIPsi – Centro de Investigação em Psicologia da Universidade do Minho integrando o Grupo de Investigação em Psicologia Evolutiva.

Rita Silva (Medicina) – “Células reguladoras na infecção por HIV” – Este projecto de investigação é mais um (pequeno) passo na longa caminhada que investiga a cura para a SIDA. Rita está estudar a associação do vírus HIV e as células T reguladoras para melhor compreender os processos de enfraquecimento das defesas do organismo. Licenciada em Medicina iniciou o seu doutoramento em 2014 associada ao ICVS – Instituto de Ciências da Vida e Saúde da Universidade do Minho, integrando a equipa de Microbiologia e Infecção.

Sara Catarina Silva (Geografia e Planeamento) – “A Geografia do Crime” – Pode o planeamento das cidades potenciar ou inibir a criminalidade na forma de furto? Este é o desafio presente no projecto da Sara Catarina que estuda estes fenómenos no designado “quadrilátero urbano” (concelhos de Barcelos, Braga, Famalicão e Guimarães). Através de entrevistas a cidadãos locais e por via da análise quantitativa e qualitativa das queixas de furto apresentadas nas forças de segurança, a investigadora pretende sinalizar os pontos mais inseguros e potenciadores de actividade criminosa em cada uma destas cidades. O seu objectivo: contribuir para correcções que proporcionem um ambiente urbanístico seguro. Sara Catarina está associada ao Lab2pt e integra o grupo SpaceR – Space and Representation.

03.png

O PubhD UMinho é um evento de divulgação de ciência que procura aproximar jovens investigadores dos cidadãos, inscrevendo-se no movimento PubhD lançado em 2014 no Reino Unido. Chegou às cidades de Guimarães e Braga através do STOL – Science Through Our Lives – um grupo de trabalho nascido no Departamento de Biologia da Universidade do Minho vocacionado para a comunicação e divulgação de ciência, que aposta na informalidade para fomentar o debate científico e a interacção com a sociedade.


noun_335618_ccMais informações

noun_26636_ccEvento no Facebook

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s